terça-feira, 22 de agosto de 2017

Parabéns pai!

Hoje é (e será sempre) um dia (mais) especial! O meu pai faria 92 anos! As fotos mostram dois dos seus passatempos favoritos: hóquei em campo (entre os muitos outros desportos praticados, este no Belenenses) e a filatelia, na qual recebeu várias taças e medalhas.



Parabéns pai!

E, já agora, parabéns ao primo da Covilhã, que compartilha com o meu pai esta data, na família!

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Se a minha cama voasse....


Uma das primeiras memórias que tenho de ir ao cinema é a de ir ver "Se a Minha Cama Voasse", ao Cinema Stadium em Algés. Quem diria que foi aí que descobri Angela Lansbury (a Jessica Fletcher, para muitos ou a Mrs. Potts de "A Bela e o Monstro", para as gerações mais novas). Ao revê-lo recentemente, descobri que este filme é ainda mais divertido do que eu me lembrava.


A ideia principal, já que o filme se passa durante a Segunda Grande Guerra, é a de salvar a Grã-Bretanha dos ataques dos alemães através de um feitiço, que põe a uso e com movimento todas as tropas do passado, existentes em museus sob a forma de armaduras e fardas.

O maior encantamento, para mim, passa-se no baile debaixo de água, muito bem conseguido.

Bem podemos sonhar com uma cama a voar pelos caminhos que queremos, ao rodar uma das maçanetas da mesma (sigh)!

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

O Rei do Rock'n Roll

São incontáveis as músicas do Elvis que fazem parte da nossa vida, quer seja em discos, rádio ou filmes, bem como são inúmeros os filmes em que participou.

Falho por um dia a homenagem aos 40 anos do seu desaparecimento. Fica a imagem do ídolo que arrastou gerações atrás:


Se quiser recordar ou conhecer o poder da voz, espreite esta "Unchained Melody", gravada ao vivo!

domingo, 13 de agosto de 2017

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Bases quadradas (afinal!)**

Já tinha falado que me estava a dedicar a trabalhos mais pequenos, como é o caso das bases de que falei aqui.


E se no original elas são redondas, a falta de um compasso, para um redondo mais perfeito, fez-me decidir pelo formato quadrado. Mas engraçadas (na mesma) e com um ar de Verão!

Foto PNLima

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Será que sim?**

Inspirada pelo "cabeça de ovo" Hercule Poirot, do qual estamos a fazer uma "integral" lá em casa, fica aqui um trabalho feito já há alguns anos, que revela a minha "modéstia":


Pensado inicialmente para ser um bolso de um avental, acabou por ser transformado em suporte para as agulhas e alfinetes, que me fazem companhia nos meus trabalhos de ponto de cruz, ou quando preciso de cerzir meias. As minhas "little grey cells" ajudaram!

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Bases - trabalho em mãos...

Enquanto a cervical não deixa a possibilidade de trabalhos maiores e a leitura de livros não tem alta, fico-me por fazer umas bases bem coloridas, um kit grátis de uma das revistas de Ponto Cruz (Cross Stitcher de Junho), que adquiri recentemente.


Vamos a ver se, sem compasso, os redondos me vão sair bem. Para já estou por aqui:


terça-feira, 1 de agosto de 2017

Até o Winnie the Pooh me compreende!


Numa altura em que acabei o "Bookshelf" de Little House Needleworks e estou a começar um trabalho mais simples, descubro que até o Winnie the Pooh compreende que bordar é das artes mais relaxantes que existe!

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Lendas do atletismo nos 100 m**

Lá por casa sempre apreciámos atletismo, talvez influenciados pelo facto do meu pai ter sido juiz de atletismo durante anos.

Apreciamos todas as provas, dos 100 m. à maratona (grandes Carlos Lopes e Rosa Mota que acompanhámos madrugada ou tarde dentro, nos seus maiores sucessos), inclusive os lançamentos sejam do peso, martelo ou dardo (e aqui achamos sempre que um golpe de vento pode causar sérios problemas aos juízes que acompanham a competição).

Ao ver um dos canais de desporto, descobri esta peça que mostra a corrida de três dos velocistas mais destacados de sempre nos 100 m., Jesse Owens, Carl Lewis e Usain Bolt. Um porque fez história nuns Jogos Olímpicos rodeados de polémica, tendo provado que a raça nada tem a ver com a rapidez e performance. Os outros porque foram ou são os melhores da sua especialidade, aprecie-se ou não as suas personalidades.




quarta-feira, 26 de julho de 2017